Validar Diploma em Portugal

Saiba um pouco mais sobre como validar seu diploma em Portugal.

Portugal tem se tornado um destino popular para estudantes estrangeiros em busca de uma educação de qualidade e um ambiente acolhedor. No entanto, a o ingresso no mercado de trabalho e a transição para o sistema de ensino português podem ser desafiadores, principalmente pela necessidade de validar o diploma em Portugal. Neste guia completo, exploraremos as diversas formas de reconhecimento de diplomas estrangeiros em Portugal, com ênfase nas informações fornecidas pela Direção-Geral do Ensino Superior (DGES).

validar diploma em portugal.

O órgão competente para regular o tema é a Direção-Geral do Ensino Superior, para validar o seu diploma em Portugal é necessário conhecer as normas que regulam o processo. Inicialmente, o termo técnico para validar seu diploma em Portugal, é reconhecimento de graus acadêmicos estrangeiros e se trata de um processo fundamental para que estudantes estrangeiros e pessoas que pretendam trabalhar em Portugal, possam exercer sua profissão de maneira legal, bem como possam continuar seus estudos no país. Como mencionado acima, a DGES é a autoridade responsável por orientar e regulamentar esse processo. Existem três formas de reconhecimento de diplomas, de acordo com a DGES:

Reconhecimento Específico:

O reconhecimento específico é aplicável a casos em que não há uma equivalência direta entre o diploma estrangeiro e um diploma português. Nesse caso, uma Universidade Pública portuguesa avaliará o currículo do curso e as competências adquiridas pelo estudante para avaliar o reconhecimento. Para obter o reconhecimento específico, é necessário apresentar documentação detalhada, incluindo histórico escolar, programas de estudo e informações sobre a instituição de ensino estrangeira. Trata-se de um processo mais rigoroso e cuja obtenção torna o título acadêmico equivalente ao mesmo grau obtido em Portugal. Em alguns casos, a Universidade pode submeter o requerente a uma prova para deferimento do pedido de reconhecimento.

Reconhecimento de Nível:

O reconhecimento de nível é utilizado quando o diploma estrangeiro é considerado equivalente em termos de conteúdo e competências ao de um determinado nível de ensino em Portugal. O pedido deve ser submetido a uma Universidade Pública portuguesa que verificará se o diploma estrangeiro está em conformidade com os padrões educacionais portugueses e emitirá um parecer que especifica reconhece  nível. Isso pode ser útil para estudantes que desejam ingressar em um programa de ensino superior ou para aqueles que desejam provar seu nível de qualificação a empregadores.

 
Reconhecimento Automático:

O reconhecimento automático se aplica a cidadãos da União Europeia e do Espaço Econômico Europeu que possuem diplomas de países membros. Nesses casos, os diplomas são geralmente aceitos sem a necessidade de um processo complexo de reconhecimento. No entanto, é essencial verificar os requisitos específicos de cada instituição de ensino superior em Portugal.

Como um Solicitador pode auxiliar no processo de validação de um diploma em Portugal

Os solicitadores desempenham um papel fundamental no campo jurídico, atuando como representantes legais e fornecendo aconselhamento jurídico aos seus clientes. Com grande expertise no sistema legal, eles são responsáveis por fornecer assistência em áreas como propriedade, divórcio, direito civil e criminal, entre outros.

Além disso, os solicitadores lidam com todos os aspectos legais dos casos que assumem. Eles preparam e protocolam documentos legais, realizam pesquisas para apoiar argumentos e representam seus clientes junto aos órgãos competentes. 

Portanto, se você está pensando em seguir com um processo de obtenção da cidadania portuguesa ou precisa dos serviços de um profissional especializado, entender as responsabilidades de um solicitador é fundamental. 

Quanto tempo demora para validar seu diploma em Portugal

Depende de uma série de fatores como a alta demanda de processos que tramitam na Universidade, da disponibilidade do júri que foi designado para analisar o processo e, em geral, vai depender muito da complexidade do caso. Por tal motivo, o auxílio de um solicitador ou advogado é fundamental para uma tramitação do processo de forma eficiente. 

o processo para validar o diploma em portugal

Independentemente do tipo de reconhecimento necessário, os estudantes estrangeiros devem seguir um processo específico para obter a validação de seus diplomas, seguindo as diretrizes da DGES. Aqui estão os passos comuns envolvidos no processo: 

1. Identificação do tipo de reconhecimento necessário:

O primeiro passo é determinar o tipo de reconhecimento necessário com base no seu diploma, nacionalidade e intenções futuras em Portugal. Isso é crucial, pois orientará o processo a seguir. Além disso, precisa verificar em qual universidade irá requerer o reconhecimento de seu diploma. 

2. Preparação da documentação:

A documentação necessária pode variar, mas geralmente inclui cópias autenticadas dos diplomas e históricos escolares, programas de estudo, informações sobre a instituição de ensino estrangeira e traduções oficiais dos documentos, se não estiverem em português. Além disso, toda a documentação precisar ser certificada por uma entidade competente (Solicitadores, advogados, notários, dentre outros)

3. Apresentação do pedido:

 Você precisará apresentar uma solicitação junto à Universidade portuguesa ou na DGES, conforme o caso, seguindo as instruções específicas fornecidas por essas autoridades.

 4. Taxas e prazos:

 Esteja ciente das taxas associadas ao processo de reconhecimento, bem como dos prazos envolvidos. O processo pode levar vários meses, por isso é importante planejar com antecedência.

 5. Avaliação e decisão:

A Universidade pública ou a DGES avaliará sua documentação e tomará uma decisão sobre o reconhecimento do seu diploma. Em casos de reconhecimento específico, a avaliação pode ser mais detalhada e envolver exames ou ciclo de estudos adicionais.

 Conclusão

Reconhecer diplomas estrangeiros em Portugal é um passo crucial para estudantes que desejam aproveitar as oportunidades educacionais e profissionais no país. A DGES desempenha um papel fundamental na orientação e regulamentação desse processo. A escolha do tipo de reconhecimento e a preparação cuidadosa da documentação são fundamentais para o sucesso do processo. Com paciência e determinação, é possível alcançar o reconhecimento desejado e iniciar uma nova fase de estudos ou carreira em Portugal. Certifique-se de buscar orientação específica junto à DGES para obter informações atualizadas e detalhadas sobre o processo de reconhecimento. Lembre-se de que esses são apenas alguns dos caminhos possíveis para validar seu diploma em Portugal. Cada caso é único e pode exigir requisitos adicionais, dependendo das circunstâncias individuais. É importante consultar as autoridades competentes e obter orientação profissional para garantir que você esteja seguindo o caminho correto.

Espero ter ajudado com as dúvidas e reforço a importância do acompanhamento profissional, seja por um solicitador ou por um advogado. Deste modo, o processo tende a transcorrer com mais segurança para o requerente.

Abaixo, disponibilizo meu contato para eventuais dúvidas. Conte comigo!

Rafael Silva – Solicitador.  

Entre em contato!

Descreva sua dúvida que em breve retornamos seu contato.